Informações, Novidades e Curiosidades serviços onduflex abertura do outlook tabela de códigos ABNT produtos onduflex finalidade, especificações e recomendações história, composição e expecificaações visão, missão, valores e política de qualidade mapa para localização home
 

 

 

FINALIDADE

 

finalidadeA embalagem de papelão ondulado tem por finalidade proteger o produto e manter suas características originais até que ele chegue ao seu destino final. Ela pode ser classificada sob dois aspectos: a finalidade para a qual foi concebida e o seu formato.
Sob o ponto de vista da sua finalidade, a embalagem pode ser classificada como primária, quando o produto está em contato direto com ela - como embalagem secundária, quando utilizada para agrupar certo número de embalagens primárias, porém sem ser indicada para o transporte - ou como embalagem de transporte, quando sua função é proteger o produto durante todo o processo de movimentação logística.
Quanto ao seu formato, de acordo com a normatização técnica estabelecida pela FEFCO seguida pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), ela pode ser classificada como: caixa tipo nomal (grupo 2), caixa-maletacaixa tipo telescópica (grupo 3), caixa tipo envoltório (grupo 4), caixa tipo pré-montada (grupo 7) e acessórios internos (grupo 9). De todas elas, a mais conhecida, codificada como 0201, é denominada caixa normal ou maleta normal. É a mais econômica que existe, por utilizar a menor área possível de papelão para envolver o produto e um processo de fabricação de alta produtividade.
Outro fator relevante a ser considerado é que a embalagem de papelão ondulado pode ser impressa através do processo denominado flexográfico. Normalmente a caixa de papelão conta com generosa área plana que pode ser utilizada para reforçar os aspectos de proteção e segurança, comunicar a imagem institucional da empresa e também servir como ferramenta de merchandising para impulsionar as vendas do seu produto.

 
 

 

 


ESPECIFICAÇÕES

 

champagnePara a correta concepção de uma embalagem de papelão ondulado são necessárias diversas informações relacionadas às características do produto que ela abrigará, sobre a operação logística prevista desde o término da produção até o seu destino final - quando a caixa será descartada - e do que se pretende comunicar a todos aqueles que terão contato com ela.
Sob o ponto de vista do produto, será necessário conhecer o seu grau de fragilidade, se ele é ou não auto-sustentável, ou seja, se o empilhamento desejado seria possível apenas com a resistência à compressão do próprio produto, suas dimensões, seu peso e a quantidade que se deseja transportar em cada caixa.
Sob o ponto de vista logístico, temos que conhecer os índices de umidade dos locais onde as embalagens serão armazenadas, o tipo de empilhamento (forma de apoio das bases da caixa), a altura máxima das pilhas e a forma de movimentação.

estojoEm relação à comunicação, será necessário definir o que será impresso em cada lateral da caixa (informações institucionais, técnicas e de merchandising) e a variedade de cores desejadas.projeto
Todas essas informações deverão ser traduzidas em um projeto que definirá alguns elementos chaves da embalagem: o comprimento, a largura e a altura da caixa, o tipo de aba, o tipo de fechamento ou junta de fabricação, o tipo do papelão (composição, tipo de onda, gramatura e valor de coluna), a cor da capa externa do papelão, o tipo de impressão e a composição de cores (quantidade e códigos). Também será possível definir se haverá ou não a necessidade de acessórios complementares e se o papelão precisará de algum tratamento especial contra umidade.

 

 

 

 

 

 

 

RESISTÊNCIA

 

compressaoUm dos fatores mais importantes a ser considerado no desenvolvimento de uma caixa de papelão ondulado é a sua resistência à compressão. É ela que determinará a quantidade máxima de empilhamento suportada pela caixa sem entrar em colapso, ou seja, sem ser "esmagada". Nossa área de desenvolvimento está devidamente treinada para aplicar de forma correta o conceito estabelecido pelo método mais confiável que existe para essa finalidade, a fórmula de McKee. Ela foi desenvolvida na década de 60 e tem sua eficácia mundialmente reconhecida. Ela parte do princípio de que a carga de colapso pode ser calculada com base em parâmetros conhecidos, da embalagem e da chapa de papelão que será utilizada na sua fabricação.

 

- Comprimento, largura, altura e peso do conteúdo da caixa
- Espessura e valor de coluna do papelão ondulado
- Forma de empilhamento
- Umidade do local de armazenagem
- Tempo de estocagem (fadiga)


mckeemckeeAplicando-se estes elementos nesta fórmula, poderemos calcular qual a capacidade de empilhamento máximo da embalagem ou, de forma inversa - se o empilhamento já estiver definido - qual a especificação do papelão que deverá ser utilizado na sua fabricação capaz de garanti-lo. Os parâmetros altura da caixa, umidade, forma empilhamento e tempo de armazenagem não fazem parte da fórmula, mas são utilizados para determinar um índice de tolerância que deverá ser acrescentado ao resultado obtido. O peso do conteúdo da caixa servirá para calcular a capacidade de empilhamento com base na carga de colapso obtida.

Possuímos um software avançado desenvolvido pela nossa área de informática que executa de forma rápida e confiável todas as simulações necessárias para encontrar a solução ideal para cada aplicação. Este recurso está disponível gratuitamente aos nossos clientes. Consulte-nos!

 
 

 

 

 

RECOMENDAÇÕES

 

A embalagem de papelão ondulado é um insumo importante no seu processo produtivo. Geralmente ela não faz parte permanente no produto, todavia garante a preservação das suas características durante a realização do processo logístico no qual ele será submetido, do término da fabricação até a sua disponibilização ao consumidor final. Portanto, é importante ficar atento às seguintes recomendações:

 

umidadeempilhamentoO papelão ondulado, a não ser que receba tratamento especial (impermeabilização), é um item muito sensível à umidade. Grande parte da sua resistência é perdida ao longo do tempo devido à ação deste fator. Logo, proteja o máximo possível as suas embalagens de agentes ou locais com alto grau de umidade relativa.

A maior parte da resistência da sua embalagem encontra-se nas suas arestas (cantos no sentido vertical), portanto é conveniente que a base da mesma esteja totalmente apoiada, caso contrário a sua capacidade de empilhamento será bastante reduzida.


Não manuseie as suas embalagens pelas abas, pois elas não foram projetadas para isso. Carregue-as preferencialmente apoiadas pela base.

 

Não force as abas no sentido contrário ao vinco, pois isso poderá provocar o rompimento ("rasgo") da capa do papelão.

 

empilhamentoRespeite o empilhamento máximo determinado para cada embalagem. Ele foi calculado com base nas informações passadas pela sua empresa de acordo com os procedimentos logísticos que serão realizados. Inicialmente a embalagem pode até resistir a uma sobrecarga de empilhamento, porém, no decorrer do ciclo para o qual ela foi concebida, sua estrutura poderá entrar em colapso, danificar seus produtos e causar acidentes.

 

 
h7 produções